quarta-feira, 20 de maio de 2015

Sobre Ser Mãe


De madrugada, eu e ela juntinhas sentindo o perfume uma da outra, minha filha (mesmo Deus? Isto é real?) Uau... agora sou mãe. Ela não queria ficar no berço, nem tampouco no carrinho, me senti o mais especial dos seres quando a abracei e ela instantaneamente parou de chorar, cantei uma canção de ninar baixinho perto do seu ouvido e ela adormeceu com uma expressão tão boa como se fosse exatamente aquilo o que ela precisava, pensei: eu acertei, eu consegui, estou aprendendo. 
Já ouviu aquela frase: "você só vai saber o que é ser mãe quando tiver os seus?" então, cá estou eu aprendendo a desempenhar esse papel tão importante. Tem dias que vou vivendo de cochilos, às vezes me falta tempo para comer, nunca vivenciei uma situação que exigisse de mim tanta dedicação. Não há como ser mãe e ser egoísta ao mesmo tempo, pois querendo ou não, você se colocará em segundo lugar. 
Mas apesar da "labuta" o amor incondicional está presente renovando seu estoque de energia e o medo perde o lugar para a coragem. Há momentos que sorrio à toa com cada novidade que vivemos juntas, e nem nas horas mais apertadas quando o choro é alto eu me arrependo, a verdade é que estou como quem sonha, quando vejo aquele rostinho e sinto o seu cheirinho gostoso eu me apaixono mais e mais.
Não passei por aqui no Dia das Mães, dedico o post a minha amada mãe e deixo aqui o meu abraço para as mamães blogueiras.

Deus abençoe
Beijos
Té mais!

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Eu em um sonho (me in a dream)


















Quando criança até passei perfume no cabelo. Começa assim, quer os batons da mãe, os sapatos e também os perfumes, mas esse episódio do cabelo foi inspirado na minha professora da 1ª série, ela tinha um cabelo muito perfumado (claro, que não era perfume que ela usava no cabelo) mas quando criança foi isso que eu imaginei, resultado: fiquei com o cabelo todo duro para o desespero de minha mãe. 
Amo quando meu cabelo está limpinho e cheiroso, costumo lavar dia sim e dia não, as unhas eu aprendi a fazer e até gosto (quase uma terapia), mas dias atrás enquanto assistia um filme desejei ser uma celebridade (sqn) confesso, que não desejei a fama delas, o que eu realmente queria era ter o stylist, o maquiador e o cabeleleiro (hair stylist) das famosas, que maravilha seria ter alguém para me deixar sempre linda.
Instalei o Pinterest no celular e vez ou outra fico "babando" nos looks e dicas de beleza que encontro por lá, quem sabe um dia minha pele e meu cabelo possam ficar igual ao da moça toda produzida da foto rs... ok, o post é um desabafo! quero dar uma geral na aparência, talvez cortar os cabelos, pintar por enquanto não posso, caprichar na sobrancelha... talvez este sábado, véspera do dia das mães... quem sabe!

Bjs gente!
Té mais!