terça-feira, 2 de agosto de 2016

Ser Sensível... | Texto de Ana Jácomo

Já faz tempo que guardo este texto comigo, a primeira vez que o encontrei na internet foi por volta de 2009 e logo fui imprimindo para ter essas palavras no papel. O trecho que compartilho está muito próximo daquilo que sinto, ou próximo da ideia que possuo sobre como é ser uma pessoa sensível...

"Ser sensível nesse mundo requer muita coragem. Muita. Todo dia. Esse jeito de ver além dos olhos, de ouvir além dos ouvidos, de sentir a textura do sentimento alheio tão clara no próprio coração e tantas vezes até doer ou sorrir junto com toda sinceridade. Essa sensação, de vez em quando, de ser estrangeiro e não saber falar o idioma local, de ser meio ET, uma espécie de sobrevivente de uma civilização extinta. Essa intensidade toda em tempo de ternura minguada. Esse amor tão vívido em terra em que a maioria parece se assustar mais com o afeto do que com a indelicadeza. Esse cuidado espontâneo com os outros. Essa vontade tão pura de que ninguém sofra por nada. Esse melindre de ferir por saber, com nitidez, como dói se sentir ferido. Ser sensível nesse mundo requer muita coragem. Muita. Todo dia..." 


Ótima semana a todos :)

2 comentários:

  1. É verdade...bem reflexivo esse texto, Lídia!
    "Sentir tudo de todas as formas", é perigoso...e corajoso também..

    Amei o trecho "sentir a textura do sentimento alheio"...a textura! Às vezes sentimos tanto essa textura que nos atinge de igual forma...muito interessante.
    Obrigada por ter guardado esse texto.

    :**

    ResponderExcluir
  2. Que bom que gostou Bárbara, concordo com você, é perigoso, mas também exige coragem. Às vezes é preciso dosar isso.
    beijos
    Até mais :)

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e comentário! :-)