quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

6 Razões Para Preferir o Cabelo Curto


Eu sempre gostei de ter o cabelo longo, já deixei o meu alcançar a cintura. A verdade é que eu tinha a ideia errada de que cabelos mais curtos seriam uma opção para mulheres mais velhas e cortar o cabelo acontecia normalmente quando eu sentia uma vontade repentina de mudar, ou porque estava muito difícil de manter a cabeleira. 

Levando em conta que eu possuo muito cabelo, na hora de cortar também me preocupava com a questão do volume caso ficasse curto demais, ou seja, quanta preocupação boba mulher! então,  no final de 2016 eu decidi que daqui para frente (por um bom tempo) quero manter os meus cabelos na altura do ombro, pois necessito urgentemente dessa praticidade que só um cabelo curto pode me oferecer {rs...}

Hoje apresento 6 razões para você optar por um cabelo curto:

1- Economiza o shampoo e o condicionador;

2- Seca mais rápido;

3- Mais fácil para prender;

4- Mais fácil para deixar solto;

5- Você vai gastar menos tempo penteando;

6- Definitivamente, um visual mais leve e prático.

Talvez você discorde das minhas razões, ou talvez acrescente alguns itens a lista, mas eu quis ir direto ao assunto e compartilhar o que trouxe melhor resultado para mim.

As duas primeiras fotos foram feitas assim que cortei, a ultima foi depois que pintei e nessa terceira foto eu apenas sequei, gosto desse look meio bagunçado e com volume, mais natural porque eu não tenho cabelo liso escorrido rs...

Obrigada pela visita! 
Até mais.

Ahh segue lá o Insta : @detalhesqvejo_blog

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

"Baby Steps" Resoluções Para o Ano Novo



Era quase 1 hora da madrugada quando eu fui dormir pensando em um monte de coisas que eu tinha ou queria fazer, uma mania chata de fazer listas mentalmente antes de dormir, tento evitar, mas tem dias que quando percebo já foram mais de 20 itens e o sono só se distanciando de mim rs...
Nesse dia específico eu estava um tanto ansiosa, então decidi parar e respirar calmamente... foi quando me veio a mente a expressão em inglês "baby steps" traduzindo: passos de bebê, ou seja, vamos devagar.
Já estamos no meio do mês de janeiro e eu não fiz nenhuma grande lista de resoluções para este novo ano, escolhi não exagerar nas expectativas ou incluir itens como  ler um livro por mês, viajar mais, ir a academia todos dos dias... sei lá, coisas do tipo. Quero ser mais realista e pensar em objetivos que não me deixem ansiosa ou causem uma certa frustração caso não consiga cumpri-los.
Por outro lado, acho muito bacana a ideia de fazer uma lista e colocar nela toda sua vontade de fazer melhor, de viver melhor neste ano que está começando, não é ruim listar suas resoluções para 2017, faça como sentir melhor. No momento optei por planejar mais de acordo com a minha realidade diária e ter consciência de que alguns projetos irão demorar um pouco mais para se concretizar, por isso tenho que considerar esse "meio do caminho" digamos assim.

Tenha uma ótima semana!
Deus abençoe.